Mad no Mundo

 

 

O que é o “cuidado” num campo médico psiquiátrico para os sem-abrigo na Índia?

O simples esforço de prestar ajuda pode não ser necessariamente empatia, especialmente quando a dignidade da pessoa é violada. Só porque são sem-abrigo, o seu direito a receber cuidados longe dos olhos do público e o direito à privacidade do seu corpo, das suas experiências e da sua realidade vivida não devem ser negados sob o disfarce da prestação de cuidado.

Programas de saúde pública não querem abordar o capitalismo como causa fundamental das desigualdades na saúde

Um novo artigo investiga a forma como os programas de saúde pública de elite dos EUA, em particular o programa de Mestrado em Saúde Pública da Bloomberg School of Public Health da John Hopkins, podem ser condicionados por estruturas capitalistas e filantropia, limitando potencialmente a sua capacidade de abordar determinantes sociais e políticos mais amplos da saúde.

O tratamento involuntário dos sem-abrigo é uma violação dos direitos humanos

Um novo artigo publicado no Journal of Human Rights and Social Work intitulado "Homelessness and Mental Illness: Medicalizing a Housing Crisis" explora os direitos e a capacidade dos indivíduos sem abrigo para se defenderem de avaliações psiquiátricas indesejadas e hospitalizações involuntárias.

Investigação: Abordagem de Diálogo Aberto pode reduzir o tratamento com drogas psiquiátricas nos jovens

Um novo estudo realizado na Finlândia sugere que os serviços de saúde mental baseados na abordagem do Diálogo Aberto (DA) podem reduzir o tratamento com drogas psicotrópicas nos jovens.

A Experiência dos Sobreviventes da Psiquiatria no Brasil

De Mad in Brasil Eu passei anos da minha vida pensando que transtornos mentais eram doenças como quaisquer outras, e que essa ideia era inquestionável por qualquer pessoa que partisse de um ponto de vista científico. Eu mesma tinha um...

Painel de Discussão: Apoiar estados extremos, psicose e dissociação

Evento online promovido por Mad in America Data e hora: sábado, 9 de março, 19.00 - 20.30 Inscrição aqui

Mad in Brasil saúda a chegada de Mad in Portugal

Paulo Amarante - psiquiatra, académico e ativista, discípulo de Basaglia e Rotelli - é uma figura incontornável da Reforma Psiquiátrica Brasileira (RPB). Por aliar as lutas sociais, lutas pela dignidade e direitos de pessoas com problemas mentais a formas...

A transformação da saúde mental através de narrativas e metáforas

O trabalho de Kirmayer revela a forma como as narrativas individuais e colectivas, profundamente enraizadas na história cultural e na comunidade, influenciam de forma crucial as nossas experiências, expressões e formas de lidar com o sofrimento psíquico e emocional.

Profissionais doentes. Noções sobre a adesão aos direitos humanos e à consciência profissional

É de salientar que no processo terapêutico do profissional de saúde mental é necessário delimitar a responsabilidade que o próprio profissional tem em relação ao que lhe acontece. Neste processo existem vários elementos que o compõem e é necessário conhecê-los para estabelecer os critérios do locus de controlo.

A participação dos utentes dos serviços traz mudanças significativas aos cuidados de saúde mental

Brown e Jones sublinham que, para avançar, o envolvimento com perspetivas críticas e a diversidade é fundamental para facilitar a mudança. Salientam o papel que a diferença e o desacordo podem desempenhar na promoção do crescimento e de novas perspetivas. Também incentivam os investigadores e administradores a desenvolver amizades com os utentes dos serviços e os ativistas ou, pelo menos, a envolverem-se com eles de formas que vão para além do trabalho de rotina.

Redes Sociais

Novas Entradas