Portugal registou em 2022 o segundo maior consumo do mundo de zolpidem

1
73

Segundo o relatório do Conselho Internacional para o Controlo de Narcóticos (INCB) publicado este mês e citando a Lusa,

Portugal registou em 2022 o segundo maior consumo do mundo do fármaco de combate à insónia zolpidem

ficando apenas atrás do Uruguai. No entanto,

“entre os 64 países e territórios que forneceram dados, o consumo médio de zolpidem na Europa “foi significativamente maior” do que em outras regiões.”

Numa circular informativa, o Infarmed aponta que

“O zolpidem é um agente hipnótico semelhante às benzodiazepinas, com propriedades sedativas, e que deve ser utilizado em situações de insónia graves, incapacitantes ou causadoras de extrema ansiedade ao doente. Estes medicamentos devem ser utilizados em tratamentos de curta duração. Em Portugal, os medicamentos contendo zolpidem são o Cymerion, Stilnox e respetivos genéricos.”

O relatório aponta ainda o aumento do consumo não médico de cetamina na Europa sendo Portugal um dos países onde maiores quantidades foram encontradas em análises a águas residuais, a par da Dinamarca, Itália e Dinamarca. Os consumos de cocaína e MDMA continuam também altos no nosso país.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui